30/06/2017
Por Edilson Silva em Sem categoria

Defesa Civil de Natal se mantém alerta devido às chuvas que caem na capital

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) dobrou o nível de alerta das equipes que atuam nas unidades operacionais da Defesa Civil Municipal desde a noite da última quarta-feira (28). A medida se faz necessária devido às chuvas que vêm caindo na cidade durante os últimos dias. Os pontos que estão recebendo maior atenção dos agentes da Defesa Civil são as áreas onde comumente são registrados maiores incidentes, como parte do bairro de Mão Luiza, Ribeira, Rocas, Comunidade do Jacó, Passo da Pátria, e pontos da zona Norte

Ainda na noite de ontem (29), o titular da Semdes, João Paulo Mendes, determinou, que além das equipes responsáveis pelo plantão nesta sexta-feira (30), outras que estão de folga se mantivessem em alerta para a possibilidade de uma eventual necessidade de ampliar a área de atuação, de acordo com as demandas de solicitações informadas pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). “Como estamos sempre acompanhando os boletins meteorológicos dos órgãos oficiais, tomamos essa precaução, pois a previsão já registrava muita chuva para cair em Natal durante esta sexta-feira”, explicou.

No decorrer do dia de ontem, algumas ocorrências foram registradas e atendidas pelas equipes da Defesa Civil Municipal, porém nenhuma situação chegou a contabilizar vítimas. Entre as intervenções promovidas pela instituição estão o isolamento de uma área onde se situa uma parada de ônibus na Avenida Duque de Caxias, na Ribeira. A parada fica na calçada de um prédio já deteriorado e parte do teto se mostrou com infiltrações estando se diluindo e caindo na calçada. “Nessa situação a Defesa Civil realizou o isolamento da área comprometida e acionou os responsáveis”, comunicou a diretora de Defesa Civil de Natal, Alana Sales.

Outro fato foi o registro da queda de uma árvore que fechou o trânsito de ônibus e carros na Rua Engenheiro João Hélio Alves Rocha, no bairro do Planalto. Na ocasião, os agentes conseguiram remover a árvore e liberar o trânsito utilizando o guincho da viatura. Já no tocante a lagoa de captação de águas pluviais não foi contabilizada nenhuma ocorrência de transbordo ou de outra situação de perigo, porém esses locais também estão sendo monitorados.

Para solicitar a intervenção da Defesa Civil Municipal o cidadão pode ligar para o número 190, no Ciosp, onde há agentes para direcionar a ocorrência para as equipes de plantão. “A Defesa Civil atua com foco em ações preventivas, de socorro e de assistência em casos de desastres naturais com intuito de evitar ou minimizar danos à população. Qualquer situação nesse sentido pode acionar a Defesa Civil que iremos deslocar uma equipe para atendimento”, concluiu o secretário João Paulo Mendes.

BG



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter