15/06/2017
Por Edilson Silva em Jucurutu, Religião

Confecção do Tapete de Corpus Christi é tradição mantida em Jucurutu

Todos os anos o tapete de Corpus Christi é feito por dezenas de voluntários da Paróquia de São Sebastião de Jucurutu que mantêm a tradição viva ao longo dos últimos tempos.

A obra ficou pronta ainda nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 15/06, para a procissão que ocorrerá por volta das 18h e 30 min. com concentração na Igreja de Stª. Izabel e que deverá ser seguir pelas principais ruas da cidade encerrando com Missa na Matriz.

* A tradição

A tradição vem de séculos antes, trazida ainda pelos portugueses ao Brasil Colonial.  Montado em ruas e igrejas de todo o mundo, o tapete de Corpus Christi surgiu na Idade Média.

Pelo tapete, passa a procissão, seguida pelos fiéis. A tradição vem dos imigrantes açorianos e praticamente desapareceu em Portugal, mas foi mantida nos Açores e onde chegaram os imigrantes.

* Corpus Christi

A tradição católica conta que a celebração de Corpus Christi teve origem em 1243, na Bélgica, quando a freira Juliana de Cornion teria tido visões de Cristo demonstrando desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque. Em 1264, o papa Urbano IV expandiu a festa para toda a Igreja. No Brasil, a festa passou a integrar o calendário religioso em 1961.

A celebração de Corpus Christi abrange missa, procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento, lembrando a caminhada do peregrino povo de Deus, em busca da Terra Prometida.

Veja nas imagens registradas pelo Blog Edilson Silva:



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter