23/05/2017
Por Edilson Silva em Policial

Operação do Ministério Público cumpre mandados de busca e apreensão em Natal

O Ministério Público do Rio Grande do Norte deflagrou na manhã desta terça-feira 23 uma operação que resultou no cumprimento de mandados de busca e apreensão em um condomínio residencial na zona Sul de Natal.

Agentes da Polícia Militar participam das ações, que têm como alvo um morador do prédio West Park Boulevard, que fica localizado na rua Raimundo Chaves, no bairro de Lagoa Nova. Em sua página no Twitter, o MP confirmou que a operação ainda está em andamento e disse apenas que só dará mais informações após o término dos trabalhos.


23/05/2017
Por Edilson Silva em Policial, Política

URGENTE: Assessor de Temer e ex-governadores do DF são presos pela PF

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira os ex-governadores do Distrito Federal José Roberto Arruda e Agnelo Queiroz e o ex-vice governador Tadeu Filippelli — também assessor especial do presidente Michel Temer. Eles foram presos em suas residências em Brasília. A operação – denominada “Panatenaico” – cumpre, ao todo, 15 mandados de busca e apreensão, 10 mandados de prisão temporária e três conduções coercitivas.

Filippelli é mais um assessor especial de Temer com problemas com a polícia. Os outros são Rodrigo Rochas Loures, Geddel Vieira Lima e José Yunes. Os ministros mais próximos ao presidente – Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral) – também respondem inquérito no STF.

A operação é baseada em delação premiada da Andrade Gutierrez sobre um esquema de corrupção nas obras do estádio Mané Garrincha. De acordo com as investigações, o superfaturamento na construção chega a quase R$ 900 milhões — com custo previsto de R$ 600 milhões, o estádio saiu a R$ 1,575 bilhão ao fim de 2014. Trata-se da arena mais cara de toda a competição.

A renovação da arena seguiu modelo diferente ao dos outros estádios da Copa do Mundo do Brasil, financiados por dinheiro público, com empréstimos do BNDES. Na arena de Brasília, os aportes vieram da Terracap — companhia estatal do DF com 49% de participação da União — embora a companhia não tivesse essa operação financeira prevista entre suas atividades. Sem estudos prévios de viabilidade econômica do Mané Garrincha, a Terracap encontra-se em estado de iminente insolvência.

Segundo a PF, a suspeita é de que com a intermediação dos operadores, os agentes públicos tenham realizado um conluio e simulado etapas das da licitação. A operação também mira agentes públicos, construtores e operadores de propina que atuaram durante três gestões do governo do Distrito Federal.

O nome da operação, “Panatenaico”, se refere ao Stadium Panatenaico, sede dos jogos panatenaicos, anteriores aos jogos olímpicos. A arena dos helênicos, que tinha assentos de madeira, foi toda remodelada em mármore por Arconte Licurgo, no ano 329 a.C., e ampliado por Herodes Ático, no ano 140 d.C. Atingiu então a capacidade para 50 mil pessoas. O estádio voltou a receber obras em 1895, para as Olimpíadas de 1896.

O Globo


23/05/2017
Por Edilson Silva em Policial

Bando que estourou ‘onze bancos’ no RN, PB e Pernambuco é preso com explosivos

O líder de um grupo suspeito de roubar bancos e carros-fortes em cinco estados foi preso na manhã desta segunda-feira (22) em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. A prisão ocorreu durante a Operação Capitania, deflagrada pela Polícia Civil.

De acordo com o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Kerhle, com a desarticulação o grupo, três ações que ocorreriam nesta semana foram evitadas. “[Seriam] ações com o uso de explosivos, que poderiam ser contra bancos ou carros-fortes”, destacou.

O líder do grupo tem 27 anos e é da Paraíba. Segundo a polícia, ele tem uma vasta ficha de antecedentes criminais. Com o grupo, foram apreendidos explosivos, revólveres, pistolas e armas de grosso calibre, conforme informou a Polícia Civil.

As investigações da “Capitania” começaram há seis meses em Olinda. “Esperamos, com a desarticulação desse grupo, identificar outros integrantes e que sejam reduzidas, de forma significativa, as ações deste tipo de crime”, ressaltou Joselito Kerhle.

Os presos e os materiais apreendidos durante a operação serão encaminhados ao Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), no Recife.

A operação

Uma operação da Polícia Civil, denominada “Capitania” foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (22) e busca suspeitos de roubo e comércio ilegal de arma de fogo. A ação visa cumprir 15 mandados de prisão preventiva, 16 de busca e apreensão e um de condução coercitiva em Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Orobó, Bom Jardim e Palmares, em Pernambuco, e Alcantil, na Paraíba.

De acordo com a Polícia Civil, o grupo criminoso é suspeito de roubar instituições financeiras e carros-fortes com o uso de explosivos. Os crimes foram cometidos nos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Ceará.

Um dos integrantes da organização criminosa é um detento da penitenciária padrão de Campina Grande, na Paraíba, conforme informou a polícia.


23/05/2017
Por Edilson Silva em Policial

Bandidos assaltam caminhões dos Correios e fazem motoristas reféns, informa PF/PE

A Polícia Federal em Pernambuco informou, na manhã desta segunda-feira (22), que dois caminhões dos Correios assaltados foram localizados nas imediações da Rodovia BR-101 Norte, em Itapissuma, no Grande Recife. De acordo com a PF, durante a ação, os bandidos fizeram os motoristas reféns e levaram parte da carga de um dos veículos.

Os veículos, segundo a PF, foram encontrados às 5h desta segunda, na localidade de Botafogo. Os condutores revelaram ter sido amarrados e liberados depois da retirada da carga.

Os caminhões transportavam encomendas, que serão alvo de levantamento feito pelos Correios, segundo a PF. Nas caixas, havia carnês de Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

De acordo com informações da PF, os caminhões foram abordados na madrugada desta segunda, por volta das 3h. Eram pelo menos quatro homens armados, que estavam em um carro.

Os candutores que estavam a serviço dos Correios tinham acabado de cruzar a divisa com a Paraíba quando houve a interceptação. Eles tiveram que voltar para Pernambuco, sendo levados para uma área de canavial. Nesse momento, os ladrões assumiram a direção.

Acionada, a Polícia Militar chegou ao local para fazer a guarda dos caminhões, que se encontram em uma estrada vicinal de acesso à Rodovia BR-101, no sentido Paraíba-Pernambuco. Os veículos seguiam para Natal (RN).

G1PE


23/05/2017
Por Edilson Silva em Policial, Política

Janot recorre e pede que STF decrete prisão de Aécio Neves e Rocha Loures

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, que negou a prisão preventiva do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

Janot pede que o ministro reconsidere a decisão ou leve com urgência o caso para o plenário, com intuito de que os 11 ministros da Corte analisem a possibilidade de prisão dos parlamentares. Os dois já foram afastados do mandato por Fachin na última quinta-feira, quando foi deflagrada a Operação Patmos, com base nas delações da JBS. As informações são de O Estado de São Paulo.

Segundo Janot, a prisão preventiva é “imprescindível” para garantia da ordem pública e instrução criminal, diante de fatos gravíssimos que teriam sido cometidos pelos parlamentares. Aécio e Rocha Loures foram gravados por Joesley Batista em negociação de pagamento de propina pelo empresário. Depois, ambos foram alvos de ações controladas pela PGR. Um interlocutor de Aécio e o próprio Rocha Loures aparecem nas filmagens recebendo dinheiro em espécie.

Ao pedir a prisão dos parlamentares a Fachin, Janot apontou que a situação era “excepcional”: “No tocante às situações expostas neste recurso, a solução não há de ser diversa: a excepcionalidade dos fatos impõe medidas também excepcionais”.


22/05/2017
Por Edilson Silva em Política

Datafolha: 85% querem Diretas Já!

A mais recente pesquisa sobre a crise política, feita pelo Datafolha, traz uma pergunta bastante direta: você quer votar para presidente, ou quer que o congresso o faça?

A maioria esmagadora dos brasileiros (85%) afirmou que quer votar para presidente, em eleições diretas, e concordam que o congresso aprove uma emenda constitucional que lhe dê a oportunidade de assumir o controle dos destinos políticos do país.

São números demolidores para os golpistas, em especial para a Globo, que agora quer remover Temer da presidência para substituí-lo por Henrique Meirelles, ex-funcionário da JBS e preposto de bancos e fundos internacionais.

A história de que eleição indireta é a única saída “constitucional” é uma falácia, porque eleição indireta não está sequer regulamentada. Teria que haver um processo legislativo para fazê-lo.

Muito mais simples e, sobretudo, muito mais democrático, é aprovar uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que permita a realização de eleições livres e diretas para presidente da república.

O ideal, aliás, seriam eleições gerais, para deputados, senadores e presidente, porque esse congresso aí está completamente corrompido por doações empresariais escusas e manobras golpistas.

É por isso que devemos lutar: eleições livres, gerais e diretas.

É a única solução que poderiam pacificar o país e trazer um mínimo de estabilidade política e econômica, para que as pessoas e empresas possam voltar a trabalhar e produzir em paz.

Observe que o desejo por eleições diretas é uma aspiração de todas as faixas etárias e de renda.


22/05/2017
Por Edilson Silva em Saúde

454 mil pessoas ainda não tomaram vacina contra a gripe no RN

Quase metade das pessoas que precisam tomar a vacina da gripe ainda não foram imunizadas no Rio Grande do Norte. No estado, mais de 860 mil pessoas fazem parte do público-alvo da campanha e 454 mil ainda não foram imunizadas. A campanha de vacinação segue até o próximo dia 26.

Têm direito a tomar a vacina quem tem mais de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, gestantes, mães recentes até 45 dias após o parto, portadores de doenças crônicas, indígenas e professores da rede pública e privada.

Na Grande Natal, os municípios que mais conseguiram imunizar foram Extremoz com 61%, Macaíba com 60%, São Gonçalo do Amarante, com 57%, Parnamirim com 53% e Natal com 47%.


22/05/2017
Por Edilson Silva em Seridó

Ana se reúne com Comitês de Bacias e Agências Federais

Nesta terça-feira (23), a Agência Nacional de Águas (ANA) receberá representantes de comitê de bacias e de agências federais para uma reunião de apresentação do 8º Fórum Mundial da Água. O evento é considerado o maior no mundo sobre recursos naturais e dará contribuições ao projeto Legado para Gestão das Águas no Brasil.

Na ocasião, a equipe da ANA que se dedica ao Projeto Legado e vai apresentar as propostas de aperfeiçoamento da Política Nacional de Recursos Hídricos e do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH) e receberá contribuições dos representantes de comitê de bacias e agencias federias para consolidação ao final do processo, previsto para novembro deste ano.

O Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Piancó-Piranhas-Açu será representado pelo seu presidente, o agrônomo José Procópio Lucena. “Esperamos contribuir com temas que consideramos relevantes para o enfrentamento da crise hídrico e aperfeiçoamento do arcabouço jurídica existente no país sobre recursos hídricos”, disse o presidente.

Procópio se refere a temas como participação social na gestão dos recursos hídricos; reuso de água; gestão hídrica em açudes e rios intermitentes no semiárido brasileiro; papel do sistema de gerenciamento dos recursos hídricos; integração entre políticas públicas de meio ambiente e recursos hídricos, financiamento e fortalecimento dos comitês; cobrança pelo uso da água e pagamentos por serviços ambientais para os que cuidam das nascentes e matas ciliares de nossos rios.


22/05/2017
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Caern trabalha em gerador provisório para substituir equipamento queimado; diz nota

Na tarde deste domingo (21), o diretor de operação e manutenção da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), João Alberto Dantas esteve na comunidade Estreito, localizada na região Seridó, para verificar o gerador responsável pela captação que abastecerá a cidade de Caicó. Um incêndio no local afetou o gerador, o quadro de comando e a bomba.

O equipamento teve perda total. Para verificar as causas do incêndio será registrado um Boletim de Ocorrência junto aos órgãos de segurança pública. Para garantir o funcionamento contínuo do sistema, a Companhia já havia providenciado um gerador reserva. Agora, com o incêndio, além do gerador, teve que providenciar outros equipamentos que também foram destruídos e que estão vindo da cidade de Mossoró e serão instalados de forma provisória em um ponto diferente, na comunidade Camilos.

Todo o serviço deve ser concluído nesta segunda-feira (22). Desta forma, a CAERN possibilita que a adutora emergencial de Caicó volte a operar em teste, na terça-feira (23), conforme previsão do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), dependendo ainda da conclusão do serviço que está sendo executado pela empresa que presta serviços para o DNOCS.

A Diretoria da Caern lamenta o ocorrido e ressalta que está envidando esforços para resolver a situação do bastecimento da cidade de Caicó.


22/05/2017
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Abastecimento em Caicó não será afetado devido “incêndio em gerador de adutora”

A CAERN lamenta incêndio em gerador que alimenta circuito elétrico da adutora da Serra de Santana, ocorrido ontem à noite, 20 de maio, contudo, segundo a Companhia, não deverá afetar o abastecimento em Caicó e demais municípios interligados.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte garante que tem equipamento sobrecelente para que o funcionamento da adutora não pare. A manutenção que se opera nesta adutora se dá em face a vazamentos no trecho de Jucurutu.

Sobre o incêndio que afetou completamento o equipamento de fornecimento de energia na adutora da Serra de Santana, a CAERN vai enviar peritos ao local para descobrir se o incêndio foi criminoso ou se deu em face a falhas mecânicas.


22/05/2017
Por Edilson Silva em Policial

TJRN determina que Estado pague militares até o último dia de cada mês

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) determinou que o Estado realize o pagamento de todos os subtenentes e sargentos da Polícia Militar e Bombeiros Militares do RN até o último dia de cada mês. De acordo com a decisão, os valores devem ser corrigidos monetariamente, caso o pagamento se efetive além desse prazo.

A decisão foi por unanimidade de votos do pleno do TJRN. A determinação parte do julgamento do mandado de segurança com liminar que teve a relatoria do desembargador Amílcar Maia, de autoria Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBM/RN), que representou os servidores judicialmente.

A decisão da Corte excluiu do seu alcance os servidores policiais militares inativos ou da reserva remunerada, assim como os beneficiários de pensão previdenciária porque não constava o presidente do IPERN como réu da ação, na condição de autoridade coatora.

No mandado de segurança, a ASSPMBM/RN afirmou que é fato público e notório o contínuo atraso nos pagamentos dos vencimentos dos servidores públicos estaduais ativos, inativos e pensionistas, por parte do governo do Estado.

Defendeu a entidade que o Estado do RN vem descumprindo reiteradamente, mês a mês, as diretrizes da Constituição Estadual que assegura aos servidores o pagamento dos seus vencimentos até o último dia de cada mês, corrigindo-se monetariamente os seus valores, no caso do pagamento se dar além desse prazo.

Precedentes

Em seu julgamento, o relator verificou que a matéria não é nova na Corte de Justiça estadual, havendo diversos precedentes no sentido da concessão da segurança, para que as autoridades responsáveis realizem o pagamento dos servidores representados pela ASSPMBM/RN até o último dia de cada mês, corrigindo monetariamente os valores, caso o pagamento se efetive além desse prazo, em conformidade com o determinado pelo art. 28, § 5º da Constituição Estadual.

POR G1RN


21/05/2017
Por Edilson Silva em Política

Integrantes da OAB/RN querem pedir impeachment de Robinson Faria

A OAB nacional entrou com o pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer, por causa da delação da JBS.

Também citado no vasto material entregue na delação premiada, o Governador Robinson Faria (PSD) poderá ter seu pedido de impeachment pela seccional da OAB potiguar. Ele é acusado de receber propinas que totalizam R$ 10 milhões, prometendo em troca a privatização da CAERN, que já está com estudos em curso, ao custo de R$ 6 milhões para firmar Parcerias Público Privadas.

Desde ontem (20), a movimentação é intensa nos bastidores.


21/05/2017
Por Edilson Silva em Policial, Política

Propina ao governador Robinson Faria foi em troca da CAERN, confirma delator

O delator Ricardo Saud fala em propina ao governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), e ao seu filho, o deputado federal Fábio Faria (PSD), por meio de doações oficiais disfarçadas, dinheiro vivo e notas frias de escritórios de advocacia, em troca da CAERN.

Ele (o delator) confirma também que só não concluiu a negociação para a compra da CAERN porque não quis mais correr risco. “O ato que eu fiz só não foi confirmado porque nós não quisemos. Perdemos tudo que nós fizemos, preferimos perder um dinheiro grande”, diz.

Veja:


21/05/2017
Por Edilson Silva em Policial

Acidente envolve caminhão baú em Caicó

Um veículo pesado se envolveu em um acidente grave nessa madrugada, 21, na BR-427, área oeste da cidade de Caicó, no centro, saída para o bairro Barra Nova. O caminhão desceu um barranco e foi parar próximo a residências.

“O caminhão não chegou a invadir as residências, mas ficou muito próximo. Do que vi lá no local, apenas o  motorista do caminhão saiu bastante ferido e foi socorrido para o Hospital Regional do Seridó”, diz morador.


20/05/2017
Por Edilson Silva em Policial, Política

URGENTE: Site do TSE mostra que Jair Bolsonaro recebeu doação da JBS

O nome do deputado federal Jair Bolsonaro (PP) também pode estar ligado ao escândalo da Lava Jato. No site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em “Consulta aos Doadores e Fornecedores de Campanha de Candidatos”, consta que ele recebeu o valor de R$ 200 mil da JBS, durante sua campanha em 2014.


20/05/2017
Por Edilson Silva em Jucurutu, Policial

CDP de Jucurutu realiza melhorias em celas para melhor custodiar os detentos

O diretor do CDP de Jucurutu deu sequencia ao projeto “camas de alvenaria”, iniciado no ano de 2016. O projeto “camas de alvenaria” tem por objetivo principal adequar a estrutura do CDP as exigências da Lei de Execuções Penais (LEP), além de facilitar os procedimentos diários de segurança por parte dos agentes penitenciários.

O diretor relata que se sente estimulado com as novas nomeações tanto da Secretaria como da Coordenadoria, pois são profissionais proativos que incentivam o desenvolvimento do sistema como um todo, com a devida obediência a  Lei. O projeto visa trazer melhorias para o CDP e acabar com a aglomeração de redes no interior das celas.

Por fim o diretor do CDP de Jucurutu, diz que através desse projeto os detentos deixarão de dormir em redes aglomeradas umas por cima das outras e passarão a dormir em camas de alvenaria.

Via PM Jucurutu


20/05/2017
Por Edilson Silva em Política, Religião

Brasil: Nota da CNBB após escândalo das delações da JBS

Brasília (DF) – A CNBB emitiu uma nota após a divulgação de áudios de Joesley Batista, um dos proprietários da JBS, envolvendo políticos brasileiros.

Abaixo, a íntegra da nota:

***

Pela Ética na Política

Nota da CNBB sobre o Momento Nacional

O fruto da justiça é semeado na paz” (Tg 3,18)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, por meio de sua Presidência, unida aos bispos e às comunidades de todo o país, acompanha, com espanto e indignação, as graves denúncias de corrupção política acolhidas pelo Supremo Tribunal Federal. Segundo a Constituição, Art. 37, é dever de todo servidor público, principalmente os que detêm elevadas funções, manter conduta íntegra, sob pena de não poder exercer o cargo que ocupa.

Tais denúncias exigem rigorosa apuração, obedecendo-se sempre as garantias constitucionais. Apurados os fatos, os autores dos atos ilícitos devem ser responsabilizados. A vigilância e a participação política das nossas comunidades, dos movimentos sociais e da sociedade, como um todo, muito podem contribuir para elucidação dos fatos e defesa da ética, da justiça e do bem comum.

A superação da grave crise vivida no Brasil exige o resgate da ética na política que desempenha papel fundamental na sociedade democrática. Urge um novo modo de fazer política, alicerçado nos valores da honestidade e da justiça social. Lembramos a afirmação da Assembleia Geral da CNBB: “O desprezo da ética leva a uma relação promíscua entre os interesses públicos e privados, razão primeira dos escândalos da corrupção”.

Recordamos também as palavras do Papa Francisco: “Na vida pública, na política, se não houver a ética, uma ética de referimento, tudo é possível e tudo se pode fazer” (Roma, maio de 2013). Além disso, é necessário que saídas para a atual crise respeitem e fortaleçam o Estado democrático de direito.

Pedimos às nossas comunidades que participem responsável e pacificamente da vida política, contribuam para a realização da justiça e da paz e rezem pelo Brasil.

Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, nos ajude a caminhar com esperança construindo uma nova sociedade.

Cardeal Sergio da Rocha
Arcebispo de Brasília
Presidente da CNBB

Dom Murilo S. Ramos Krieger
Arcebispo de São Salvador da Bahia
Vice-Presidente da CNBB

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário-Geral da CNBB

***


20/05/2017
Por Edilson Silva em Policial, Política

Temer (PMDB) será investigado por corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da Justiça

O presidente Michel Temer será investigado por corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da Justiça, no inquérito aberto esta semana pelo Supremo Tribunal Federal com base na delação do empresário Joesley Batista.

Os documentos liberados na tarde desta sexta-feira, 19, revelam que Temer é acusado de receber cerca de 15 milhões de reais pela sua atuação em favor dos interesses da JBS, empresa dos irmãos Batista – Joesley e Wesley. O presidente também é citado como tendo se associado ao senador afastado Aécio Neves na tentativa de interferir nas investigações da operação Lava Jato.

“Verifica-se que Aécio Neves, em articulação, dentre outros, com o presidente Michel Temer, tem buscado impedir que as investigações da Lava Jato avancem, seja por meio de medidas legislativas, seja por meio de controle de indicação de delegados de polícia que conduzirão os inquéritos”, diz a Procuradoria-Geral da República no pedido de inquérito aceito pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo.

A PGR aponta que o próprio Temer indicou o deputado federal afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para ser um interlocutor de confiança para Joesley Batista que, em encontro gravado no Palácio do Jaburu, reclama que havia perdido o contato no governo desde a saída do ex-ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, com quem vinha conversando desde o início da gestão Temer.

O empresário descreveu e gravou vários encontros com Loures, a quem teria oferecido 5 por cento dos lucros que passaria a ter com a solução de um impasse que a empresa tentava resolver no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Segundo Joesley, Loures teria entendido que a oferta seria de propina e o deputado –à época assessor especial de Michel Temer na Presidência– teria respondido “tudo bem, tudo bem”.

Fachin, chegou a devolver o pedido de abertura de inquérito contra Temer à PGR pedindo mais explicações, mas ao final decidiu pela autorização. O ministro concordou com a argumentação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de que os crimes teriam acontecido durante o mandato e continuavam acontecendo.

Em sua decisão, o ministro afirma que é necessária a abertura de investigação imediatamente porque “práticas supostamente criminosas cuja execução e exaurimento estão em curso ou estão prestes a ocorrer” precisavam da imediata intervenção do Estado.

Em nota divulgada nesta sexta, Temer negou ter recebido valores que não fossem os permitidos pela lei eleitoral. O presidente reiterou que não tem envolvimento em nenhum tipo de crime.




Facebook


Twitter