10/12/2015
Por Edilson Silva em Política

Neta do Lula enfrenta o Globo: “O Globo não vai fazer comigo o que fez com a minha mãe”

851b5e5c-2805-49ba-8f33-c62d6537d30e

Não devo satisfações da minha vida e não devo nada a ninguém, quem deve é o Grupo Globo, que nada mais é que uma concessão pública que subestima e tenta manipular a inteligência do nosso povo.

Venho publicamente relatar o que vem acontecendo comigo nos últimos dias, e de tão indignada, resolvi compartilhar com vocês que venho sendo incomodada, da maneira inconveniente e porque não dizer, assediada pela repórter Fernanda Krakovics, do Jornal O Globo, que diz que irá publicar uma matéria a meu respeito, eu querendo ou não.

Quero deixar claro que o Grupo Globo não me pauta, e que não vai fazer comigo o que tem feito com minha mãe, desde as eleições de 89, e com os meus tios, diariamente difamados e caluniados pela imprensa golpista.

Sem contar o que fazem com o maior amor da minha vida e o melhor Presidente que este País já teve, meu avô, Luiz Inácio Lula da Silva. Sim, meu nome é Bia Lula e tenho SIM, o maior orgulho de toda sua trajetória de vida.

Meu avô, minha liderança, tirou milhões de brasileiros do mapa da FOME e da MISÉRIA, e milita em nível mundial na erradicação da FOME e da POBREZA.

Mas ok, na verdade, o que incomoda essa gente, é o fato dele ser um retirante nordestino, que sobreviveu à fome, uma liderança que surgiu do chão da fábrica, um verdadeiro BRASILEIRO.

Não me venham com este procedimento baixo e truculento.

Não devo satisfações da minha vida e não devo nada a ninguém, quem deve é o Grupo Globo, que nada mais é que uma concessão pública que subestima e tenta manipular a inteligência do nosso povo.

Sei me defender, esta prática mesquinha de terrorismo midiático não me mete medo, se querem conhecer minha militância, ai vai.


10/12/2015
Por Edilson Silva em Política

Um terço da comissão do impeachment responde a acusações criminais no STF

-01

Alguns dos investigados já são réus. É o caso, por exemplo, do deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), que responde a ação penal por corrupção no Supremo.

Levantamento do Congresso em Foco revela que ao menos 20 dos titulares e suplentes já confirmados no colegiado são alvo de inquérito ou ação penal no Supremo. Saiba quem são eles
.
Pelo menos um terço dos integrantes já definidos da comissão especial que vai analisar o processo de impeachment é alvo de acusações criminais no Supremo Tribunal Federal (STF). Dos 61 deputados escolhidos em votação tensa no plenário da Câmara, nessa terça-feira (8), ao menos 20 respondem a inquéritos (investigações preliminares) ou ações penais (processos que podem resultar em condenação) no Supremo. Os dados são de levantamento exclusivo do Congresso em Foco (veja a lista abaixo).
.
Crimes de responsabilidade, corrupção, lavagem de dinheiro, crimes eleitorais e contra a Lei de Licitações são algumas das suspeitas que se repetem contra esses parlamentares. Entre os investigados, 14 serão titulares e seis ocuparão a suplência da comissão.
.
A relação é encabeçada pelo PSDB, com seis nomes, seguido pelo PP, com quatro. Na sequência, aparecem o PMDB, o PSD e o SD, com dois cada. PSC, PTB, PPS e PSB têm um nome cada.
.
Entre os indicados, há três deputados do PP investigados na Operação Lava Jato. Jerônimo Goergen (RS) e Luiz Carlos Heinze (RS), que serão titulares, e Roberto Balestra (GO), que atuará como suplente, são suspeitos de ter recebido dinheiro desviado da Petrobras.
.
Alguns dos investigados já são réus. É o caso, por exemplo, do deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), que responde a ação penal por corrupção no Supremo. Presidente licenciado da Força Sindical e criador do Solidariedade, um dos principais partidos de oposição a Dilma, Paulinho é acusado de desviar recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O deputado ainda é investigado em outros três inquéritos por peculato e corrupção passiva.
.
A chapa, formada basicamente por parlamentares pró-impeachment, foi eleita pela maioria do plenário, derrotando as indicações apoiadas pelo governo. O colegido será formado por 65 titulares e 65 suplentes. O restante de seus integrantes seria definido nesta quarta, mas o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu, em caráter liminar, o andamento de qualquer procedimento relacionado ao impeachment até que a corte se posicione sobre o assunto, de maneira definitiva, no próximo dia 16. Fachin atendeu a pedido do PCdoB, que questionou o processo que levou à eleição da chapa oposicionista. O ministro, no entanto, não anulou o resultado da votação.
.
Veja abaixo a relação dos integrantes da comissão do impeachment que respondem a inquérito ou ação penal no STF, as suspeitas que recaem sobre eles e os seus esclarecimentos: Acesse aqui  e clique no link dos nomes
.


10/12/2015
Por Edilson Silva em Souza

Justiça cassa mandato de dois vereadores de Sousa

Dois vereadores da cidade de Sousa, no Sertão paraibano, tiveram seus mandatos cassados pela justiça, após serem denunciados pelo Ministério Público por supostas irregularidades.

Segundo o Paraíba Online, Eduardo Medeiros da Silva e Nedimar de Paiva Gadelha são acusados de integrar um esquema de contratação de funcionários fantasmas na Câmara Municipal de Sousa. Além da perda dos mandatos, cada um terá que devolver R$ 30 mil aos cofres públicos.


10/12/2015
Por Edilson Silva em Ouro Branco

Ministério Público volta a denunciar prefeita de Ouro Branco

fatima-ouro-branco-salario

O Ministério Público, através do promotor Gláucio Pinto, instaurou inquérito civil, a fim de apurar possível prática de improbidade administrativa pela prefeita de Ouro Branco, Fátima Araújo.

Segunda denúncia nos autos, teria acontecido o fracionamento ilegal de despesas para contratar, através da dispensa de licitação em 2014, serviços de transporte, burlando até realização de pregões públicos.


10/12/2015
Por Edilson Silva em Policial

Senado discute punição mais dura para explosão de caixa eletrônico

Vai a turno suplementar no Plenário do Senado substitutivo ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 24/2015, que prevê o aumento da pena para condenados por explosão de caixa eletrônico. O Código Penal prevê reclusão de um a quatro anos e multa para esse tipo de crime.

Com o novo texto, a pena passa para o mínimo de três e o máximo de oito anos de prisão. A proposta também aumenta a pena pela metade a até um terço, quando houver a subtração de arma de fogo, munição ou acessório explosivo.

De autoria do deputado Alexandre Leite (DEM-SP), o projeto pretende coibir o uso de explosivos em furtos a bancos, prática cada vez mais utilizada no país. A proposição foi discutida em Plenário em turno único nesta quarta-feira (9), tendo prevalecido texto substitutivo apresentado pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR).


09/12/2015
Por Edilson Silva em Política

Ciro: Janot está para prender o Cunha!

75ddad31-705f-4446-bb62-e4fc67532181

Ciro: Janot está para prender o Deputado Cunha (PMDB/RJ) ! Chegamos ao ápice da canalhice!

O ansioso blogueiro conversou por telefone com Ciro Gomes e reproduz a conversa de forma não literal:

– Sobre a “votação” de ontem na Câmara:

O Brasil assiste perplexo ao ápice da canalhice. O país ficou refém da politicagem. Não tem ninguém ali pensando nos interesses do povo!

– Sobre a decisão do Supremo de suspender a decisão da Câmara:

O Supremo vai corrigir! Vai corrigir todos os desvios de procedimento. A votação não podia ser secreta. Tinha que haver transparência.

– E se julgar o mérito, o Supremo derruba o impeachment?

Sem dúvida! O Supremo vai pegar a lei de impeachment de 1950 e atualiza-la segundo os princípios da Constituição de 88.

– E o Cunha, que seu irmão chamou de achacador?

O Janot está perto de mandar prender o Cunha.

Quando se justifica a prisão provisória?

Quando há um constrangimento da aplicação da Lei Penal.

E é o que o Cunha está fazendo!

Paulo Henrique Amorim


09/12/2015
Por Edilson Silva em Jucurutu, Policial

A natureza agradece: CDP de Jucurutu reutiliza óleo da própria cozinha, para fabricar sabão em barra

CYMERA_20151209_104526

Fonte: Blog PM Jucurutu – O CDP (Centro de Detenção Provisória) de Jucurutu realiza mais um projeto social. O Diretor, Reginaldo Gomes, está usando o óleo da cozinha daquela Unidade Prisional, que antes era jogado fora, na fabricação de sabão em barra, que é usado na própria Unidade. Com isso, além da economia na parte financeira, há um incalculável benefício ao meio ambiente, que era condenado a receber, diariamente, as gorduras daquela cozinha.

O CDP de jucurutu já tem o projeto de fabricação de vassouras feitas a partir de garrafas pet, o que tem servido de modelo para todo o Estado, podendo, inclusive, incentivar outros diretores de Presídios a fazerem um trabalho de ressocialização dos apenados, desde que aqueles se esforcem na busca de veem um sistema prisional melhor.

Por fim, Reginaldo Gomes acrescentou que o projeto de fabricação de material de limpeza será implantado no começo do ano de 2016, fazendo assim com que mais apenados possam diminuir suas penas através do trabalho e, assim, saiam para a rua ressocializados e com um ofício/profissão que possa ajudar na sua reintegração à sociedade.


09/12/2015
Por Edilson Silva em Brasil

“Cabaré” de sertanejos custará 850 mil reais aos cofres do Governo de Goiás

cabare_leonardo

“Cabaré” de sertanejos custará 850 mil reais aos cofres do Governo de Goiás.

Do G1 – O governo de Goiás vai gastar R$ 850 mil para contratar o show “Cabaré”, dos sertanejos Leonardo e Eduardo Costa, para a festa de fim de ano em Goiânia. O valor causou polêmica, pois é mais alto que a atração principal da festa na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, que terá apresentação do sambista Zeca Pagodinho, contratado por R$ 800 mil. O show é de responsabilidade da Goiás Turismo. O dinheiro usado na contratação da atração será do tesouro estadual. Sobre o valor, o governo considerou que ele é mais alto que um show por se tratar de um espetáculo, com uma produção maior e várias apresentações dentro de uma só.

Nas redes sociais, muitos questionaram se o dinheiro gasto com esse evento não poderia ser utilizado para manter as estruturas dos festivais Canto da Primavera e da Mostra Nacional de Teatro de Porangatu (Tenpo). O primeiro evento chegou a ser cancelado, mas será realizado em uma edição especial, apenas com artistas goianos, de quarta-feira (9) a domingo (13). Já o segundo teve a edição deste ano cancelada. Diante dessa polêmica, o governo explicou que incentiva todos os gêneros de manifestação cultural e preserva a tradição das festas populares, como Natal e réveillon. Além disso, nessa época ainda há a geração de emprego e renda para o estado. “Segundo dados da Goiás Turismo, o governo do estado arrecada R$ 2 para cada R$ 1 investido na programação do réveillon”, diz o comunicado.


09/12/2015
Por Edilson Silva em Saúde

Governo do RN lança campanha “Esta é a hora de exterminar o Aedes Aegypti”

AqtAesHyxAMGt_V6PpgHk5RBukD4w6ncfeG5lMvPOn4g

Governo do Rio Grande do Norte lança campanha “Esta é a hora de exterminar o Aedes Aegypti”


09/12/2015
Por Edilson Silva em Macau, Policial, Política

Prefeito encontra-se detido no Comando Geral da Polícia Militar, em Natal

06454c5743c33d8b0312ef0be15a6eaa20151209011015

Pleno do TJRN mantém prisão cautelar de prefeito de Macau. O prefeito está afastado do cargo no dia 13 de novembro, em decorrência da Operação Maresia.

Os desembargadores que integram o Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, na sessão desta quarta-feira (9), mantiveram a prisão cautelar do prefeito de Macau, Kerginaldo Pinto do Nascimento, afastado do cargo no dia 13 de novembro, em decorrência da Operação Maresia, deflagrada pelo Ministério Público Estadual para investigar crimes contra o patrimônio público em Macau.

O Pleno negou provimento a um Agravo Regimental movido pela defesa de Kerginaldo. O chefe do Executivo foi preso no último dia 27, a pedido do MPRN, por estar interferindo nas investigações. Ele encontra-se detido no Comando Geral da Polícia Militar, em Natal.

Segundo as denúncias do Ministério Público, há fortes indícios de superfaturamento de contratos com a prefeitura para a prestação de serviço de limpeza urbana e obras públicas de construção civil, dentre serviços como limpeza das praias, pintura de meio fio, capinação, dentre outros.

Na sessão desta quarta, o advogado Artêmio Azevedo, contestou o argumento do MP de que existiu a prática do crime de Peculato (Artigo 312 do Código Penal) e que não há materialidade ou indícios de autoria, o que não justificaria a manutenção da cautelar.

No entanto, segundo a desembargadora Judite Nunes, relatora do Agravo Regimental, a prisão deverá ser mantida para o devido seguimento e conveniência da instrução criminal e garantia da ordem pública, já que as medidas cautelares anteriores, impostas ao prefeito, foram descumpridas e resultaram na continuidade de delitos, mesmo com o afastamento do cargo.

“Ele manteve contato com pessoas, com as quais estava proibido de manter qualquer comunicação, além de suprimir documentos”, enfatizou a desembargadora Judite Nunes, a qual foi acompanhada pelos demais desembargadores.

“Ele extrapolou os meios para a sua defesa, ao criar obstáculos para as investigações”, definiram o desembargador Amílcar Maia e o juiz convocado Ricardo Tinôco.

Via NE em Revista

 


09/12/2015
Por Edilson Silva em Política

CAS aprova proposta que minimiza efeitos da seca em regiões de estiagem

fatimapt

CAS – Comissão de Assuntos Sociais aprova proposta que minimiza efeitos da seca em regiões de estiagem.

Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou, na manhã desta quarta-feira (09), relatório da senadora Fátima Bezerra (PT-RN) favorável ao PLS 83/2015, de autoria da senadora Angela Portela (PT-RR). A proposta visa a ampliar o conceito de Segurança Alimentar e Nutricional, previsto na Lei 11.346, para incluir as condições de acesso aos alimentos por meio das medidas que mitiguem o risco de escassez de água potável e a formação de estoques reguladores e estratégicos de alimentos.

O Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, estabelecido pela Lei 11.346, tem o objetivo de assegurar o direito à alimentação adequada. Seguindo essa política, o Brasil já realizou importantes avanços no combate à fome, sendo hoje, inclusive, referência para instituições como a FAO, Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação.


09/12/2015
Por Edilson Silva em Saúde

Santa Cruz registra primeiro caso de microcefalia

secreta

A Microcefalia está atrelada a Zika Vírus, doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, o mesmo que transmite a Dengue e a Chikunguya.

Santa Cruz já tem o primeiro caso confirmado de Microcefalia. A informação foi confirmada pela gestão da Secretaria Municipal de Saúde, que tem se mostrado preocupada com a doença. A criança já nasceu e mora em Santa Cruz. Agora, profissionais de saúde irão acompanhar o desenvolvimento desta criança para saber como ela se comporta, pois é uma nova realidade para Santa Cruz, já que não tem crianças com a doença sendo tratada no sistema de saúde local com a doença.

Para Myllena Bulhões Ferreira, secretária de saúde de Santa Cruz, a realidade é nova e traz preocupação. “É uma situação preocupante, tudo ainda é muito novo e não se tem nem um protocolo definido de como devemos tratar a doença, que não tem cura e deixará sequelas para o resto da vida nesta criança. Vamos acompanhar e desenvolver atividades de acordo com aquilo que for orientado pelo Ministério da Saúde”, destacou a gestora. A Microcefalia está atrelada a Zika Vírus, doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, o mesmo que transmite a Dengue e a Chikunguya. Segundo Myllena Ferreira, a orientação é combate e matar o mosquito transmissor.

“Como o estado não deu segurança de como será este combate, a ordem é intensificar o trabalho contra o mosquito Aedes Aegypti, que tem se tornado um grande vilão de nossa saúde. Por isso, pedimos que a população seja parceira nesta luta, não podemos mais deixar o mosquito ser procriado, pois novas mutações podem surgir, prejudicando ainda mais a saúde da população”, destacou a secretária de saúde. O Hospital Universitária Ana Bezerra já notificou nove casos suspeitos de Microcefalia, de diversas cidades da região, significando que o vírus está circulando e que novos casos devem surgir nos próximos meses.

Blog do Édipo


09/12/2015
Por Edilson Silva em Saúde

Hospital de Jucurutu encerra novembro com número de serviços oferecidos impressionantes

12310710_1070074639690734_3586741736170370126_n

Com informações da ASSECOM – Assessoria de Comunicação da PMJ/Prefeitura Municipal de Jucurutu/RN.

Conhecido por seu padrão de atendimento à população local e da região, o Hospital Maternidade Terezinha Lula apresentou hoje os dados consolidados referentes aos procedimentos e serviços ofertados na área de saúde em Jucurutu, evidenciando a qualidade que tem sido a marca da unidade hospitalar nos últimos tempos.

Segundo o diretor do Hospital, Andriério Lopes, os números mostram a importância da unidade para a população: “com o fechamento do mês de novembro, registramos 2.463 atendimentos de urgência e emergência, que representa a cobertura de uma grande parcela da população, sem contar que foram realizados mais de 2.000 exames laboratoriais e cerca de 50 cirurgias diversas”, concluiu Andriério.

Os dados apresentados reforçam a priorização que a saúde tem tido na gestão do prefeito George Queiroz (PMDB), que mensalmente tem atendido todo tipo de demanda da área, sejam atendimentos médicos especializados, exames, consultas e cirurgias, de forma a garantir ao povo de Jucurutu a comodidade e o conforto de receberem tratamento humanizado e qualificado no próprio município.


09/12/2015
Por Edilson Silva em Policial

Dinheiro é jogado das “torres gêmeas” durante abordagem da PF

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira a Operação Pulso, com o objetivo de desmantelar uma organização criminosa especializada em direcionar licitações e desviar recursos públicos da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobras), criada para alcançar autonomia tecnológica na produção de medicamentos derivados do sangue necessários para abastecimento de pacientes da rede pública de saúde no Brasil.

Estão sendo cumpridos 28 mandados de busca e apreensão e 29 ouvidas mediante intimações nos estados de Pernambuco, Piauí, Paraíba, Minas Gerais e São Paulo. Em Pernambuco, diligências estão sendo realizadas no município de Goiana, onde foi construída a fábrica da Hemobras. No Recife, durante diligência no Pier Duarte Coelho, mais conhecido como “as torres gêmeas”, no bairro de São José, uma grande quantidade de dinheiro jogada pela janela de um apartamento, provavelmente para livrar o flagrante durante as buscas. A PF confirma que no prédio mora o presidente da Hemobrás em Pernambuco, Rômulo Maciel Filho. No entanto, não pode garantir que as cédulas foram arremessadas do apartamento dele.

A PF também pretende cumprir dois mandados de prisão temporária expedidos contra empresários com atuação na empresa pública, entre eles, um lobista com atuação em Pernambuco, Piauí e exterior. A operação ainda recebeu a autorização para afastar três integrantes da Hemobras, dois deles membros da diretoria.

Durante um ano de investigações, a polícia descobriu que inúmeras amostras de sangue coletado, que deveriam ser transformadas em medicamentos contra a hemofilia e outras doenças, foram armazenadas de forma inadequada, tornando-se inapropriadas para a produção dos medicamentos.

Cento e setenta policiais participam da operação que se volta para as atividades ilícitas em licitações e contratos de logística de plasma e hemoderivados e na obra de construção da fábrica em Goiana, na Zona da Mata de Pernambuco.  Emtre os crimes investigados estão peculato, corrupção passiva e ativa, fraude contra a Lei de Licitações, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e organização criminosa. As penas variam de um a 12 anos de prisão.

Diário de Pernanbuco


09/12/2015
Por Edilson Silva em Classificados, Jucurutu

Jucurutu: Quarta é dia de promoção #EuAmoPizza na Pizzaria Nápoles III

12316474_150559858636190_8824154253680873466_n

A Pizzaria Nápoles III dá mais motivos para você saborear a melhor pizza da cidade e agora lançou uma promoção super diferente para seus clientes e amigos. Toda quarta – feira a fatia de pizza custará apenas 2,99 R$. Venha conferir, peça a sua e bom apetite. Ligue e peça no (84) 9 9692 – 0261.


08/12/2015
Por Edilson Silva em Política

#NãoVaiTerGolpe: Fachin suspende instalação da comissão do impeachment

12345575_1088721857829142_2135248011436114953_n

Ministro do STF determinou que os trabalhos da comissão sejam interrompidos até que o plenário da Suprema Corte analise o caso.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin suspendeu, na noite desta terça-feira (8), a instalação da comissão do impeachment. Na tarde desta terça, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi acusado de fazer nova manobra ao realizar a votação dos nomes para a comissão em voto secreto.

Na deliberação, Fachin determina que os trabalhos da comissão sejam interrompidos até que o plenário da Suprema Corte analise o caso. A votação no STF está marcada para o dia 16 de dezembro.

De acordo com o ministro, o objetivo da suspensão da comissão é evitar a realização de atos que podem, posteriormente, ser invalidados pela Suprema Corte. O pedido analisado por Fachin é movido pelo PCdoB, na última semana, logo após o anúncio da abertura da comissão de impeachment.


08/12/2015
Por Edilson Silva em Política

Contra impeachment, Robinson e mais 15 governadores entregam Carta pela Legalidade

CVvEdJ7XAAIz0T-

Na chamada Carta pela Legalidade, os governadores reconhecem ainda as dificuldades atuais do país e afirmam que as saídas para a crise não devem desrespeitar a legalidade.

Governadores de 15 estados e do Distrito Federal entregaram hoje (8) à presidenta Dilma Rousseff uma carta em que se posicionam contra o processo de impeachment. Eles defendem que o mecanismo do impeachment deve ser empregado somente se houver “comprovação clara e inquestionável” de atos praticados dolosamente pelo chefe de Governo que atentem contra a Constituição.

“O processo de impeachment, aberto na última quarta-feira, (02/12), carece desta fundamentação. Não está configurado qualquer ato da presidenta da República que possa ser tipificado como crime de responsabilidade”, diz o documento.

Na chamada Carta pela Legalidade, os governadores reconhecem ainda as dificuldades atuais do país e afirmam que as saídas para a crise não devem desrespeitar a legalidade.

Distrito Federal: Rodrigo Rollemberg (PSB)
Estado do Acre: Tião Viana (PT)
Estado das Alagoas: Renan Calheiros Filho (PMDB)
Estado do Amapá: Waldez Góes (PDT)
Estado da Bahia: Rui Costa (PT)
Estado do Ceará: Camilo Santana (PT)
Estado do Maranhão: Flávio Dino (PCdoB)
Estado das Minas Gerais: Fernando Pimentel (PT)
Estado da Paraíba: Ricardo Vieira Coutinho (PSB)
Estado de Pernambuco: Paulo Câmara (PSB)
Estado do Piauí: Wellington Dias (PT)
Estado do Rio Grande do Norte: Robinson Faria (PSD)
Estado do Rio de Janeiro: Luiz Fernando Pezão (PMDB)
Estado de Roraima: Suely Campos (PP)
Estado de Santa Catarina: Raimundo Colombo (PSD)
Estado do Sergipe: Jackson Barreto (PMDB)


08/12/2015
Por Edilson Silva em Política

‘Grupo de derrotados’ tenta derrubar Dilma, afirma Lembo

Impeachment-é-golpe-diz-ex-governador-de-São-Paulo

Ex-governador de São Paulo é contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o qual considera um equívoco feito por grupos que não se conformam com o resultado das urnas.

O ex-governador de São Paulo, Cláudio Lembo (PSD), é contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

“Eu vejo no Brasil um grupo de derrotados que quer derrubar alguém que foi eleito pelo povo, acho isso muito equivocado, muito errado”, afirmou Lembro em entrevista ao jornal “Folha de S Paulo”, publicada nesta segunda-feira (7).

Lembo, que também é advogado, foi citado pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, como um dos especialistas contrários ao impedimento.

Na entrevista, Lembo fez questão de destacar que seu posicionamento contra o impeachment é “absolutamente espontâneo”, porque, para ele, os que são a favor do impeachment “são grupos que não se conformam com o resultado das urnas”.

“Não é possível fazer democracia assim. Se dissessem: ‘Vamos esperar 2018 e eleger outra linha de pensamento’, tudo bem. Mas derrubar um presidente eleito é um absurdo”, reforçou.

Na opinião Do ex-governador, a oposição cumpre um “papel amargo”.

“Há pessoas com tradição democrática que estão se conspurcando, conspurcando inclusive o próprio passado, por um interesse egoísta”, destacou.

Para o ex-governador, o impeachment faz parte de uma onda que ocorre na América Latina em substituição aos golpes de Estado, tão comuns na região durante as décadas anteriores.

“Esse juízo político, que é o impeachment, está sendo usado pelos conservadores, pelos reacionários, pelos contrários aos governos eleitos, seja o país que for, para derrubar presidentes”, frizou.


08/12/2015
Por Edilson Silva em Política

Wadih Damous denuncia tentativa de golpe em curso na Câmara

Wadih-Damous-é-presidente-da-Comissão-Nacional-de-Direitos-Humanos-da-OAB

Damous ainda disse esperar que o Supremo Tribunal Federal (STF) “cumpra com o seu dever” constitucional e anule a sessão que definiu os nomes para a comissão do impeachment.

O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) denunciou, em publicação no Facebook na tarde desta terça-feira (8), que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), desrespeita a Constituição para tentar aplicar o golpe na presidenta Dilma Rousseff.

“A tentativa de golpe está em curso”, disse. Além disso, Damous disse que Cunha não tem condições morais de presidir a Casa.

“Já deveria ter sido afastado há muito tempo e estar sentado no banco dos réus. Instituiu, ao arrepio da Constituição, voto secreto para a formação da comissão do impeachment e estabeleceu a possibilidade de chapa avulsa, também contrariando a lei que rege o impeachment”, explicou o deputado petista.

Damous ainda disse esperar que o Supremo Tribunal Federal (STF) “cumpra com o seu dever” constitucional e anule a sessão.

“Esse processo é nulo, é viciado, desde seu ato inicial”, decretou Wadih.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) também criticou a conduta de Eduardo Cunha.

“Não se rasga uma Constituição, não se impede a democracia de existir. Um presidente da Câmara que se preze não pode usar do poder para seu próprio interesse”, afirmou.


08/12/2015
Por Edilson Silva em Política

ABRAT repudia tentativa de impedimento da presidenta Dilma Rousseff

MEMEABRATLINK2

NOTA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS ADVOGADOS TRABALHISTAS – ABRAT SOBRE O IMPEACHMENT

Assim como ocorre em inúmeros países o Brasil vive um momento de dificuldade econômica, tendo como principal causa a crise estrutural da economia mundial, situação que contamina a política, agravada pelo abalo ético, que observamos na sociedade brasileira, como um todo.

Constatamos com preocupação, que o país passa por dificuldades que se agravam à medida que faltam estadistas e sobram oportunistas, que conspurcam o Poder da Nação, o que vem determinar que o fim do financiamento de campanha por empresas privadas corresponde a maior conquista da cidadania brasileira no ano de 2015.

A Ordem Constitucional e a democracia construída ao longo destes 27 anos exige a preservação e o respeito de todos, o que não observamos no momento.

A decisão tomada de forma abrupta e sem o mínimo fundamento jurídico pelo Presidente da Câmara, com o objetivo de impedir o mandato da Presidente da República, não considerou que sua decisão agravará ainda mais a crise institucional, política e econômica, pela qual o país atravessa, com consequências, imprevisíveis e prejuízos irreparáveis ao povo brasileiro.

Não, podemos apostar na lógica do “quanto pior melhor” como fazem políticos imaturos e despreparados, quando o que está em jogo é muito mais que um mandato presidencial. Em realidade, o que está em jogo é a estabilidade social da nação.

É com extrema preocupação que a Advocacia Trabalhista Brasileira observa no cenário nacional a falta de compromissos de inúmeras autoridades brasileiras com as políticas públicas, o que contribui para um quadro de desorganização da política, de modo que expressam compromissos com outros interesses que não coincidem com os do povo brasileiro.

A par de integrarmos – consoante norma explícita da Constituição (art. 133) – mister indispensável à administração da justiça, na condição de advogados, o exercício da advocacia trabalhista nos coloca ainda frente ao preocupação de ver ameaçados, pelos mesmos setores que hoje se agitam em favor do “impeachment”, os mais comezinhos e históricos direitos dos trabalhadores deste país, e os avanços sociais ocorridos na última década.

Diante do quadro de degeneração política, conclamamos as pessoas responsáveis deste país, que cerrem fileiras contra a usurpação do voto popular e a defesa da nossa Carta Magna.

Brasília, 08 de novembro de 2015

Silvia Lopes Burmeister

Presidenta




Facebook


Twitter