06/09/2015
Por Edilson Silva em Caraúbas, Policial

Polícia prende grupo que realizava assaltos a caixas eletrônicos

assaltantes_caixa

As prisões foram efetuadas logo após uma denúncia que dava conta de que o grupo estava em um sítio chamado Boa Vista.

A Polícia Civil de Caraúbas, com apoio da Divisão de Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) e do Grupo Tático Operacional (GTO) da Polícia Militar da cidade de Parelhas, prendeu em flagrante delito quatro integrantes de um grupo que realizava assaltos a caixas eletrônicos, neste sábado (05), na cidade de Campo Grande.

A ação policial que resultou em êxito é fruto de um trabalho de investigação que durou sete meses. Durante todo este tempo, a Polícia Civil estava monitorando o grupo criminoso que agia principalmente nas cidades do interior do Rio Grande do Norte. Foram presos Ezimar Ezídio da Costa, conhecido por “Piu de Janduís” (29 anos), foragido da Justiça; José Fernandes da Silva, vulgo “Dedé” (31 anos), Leonardo da Silva Fernandes, vulgo “Pretinho” (30 anos ) e José Roberto Garcia de Aguiar (42 anos).

As prisões foram efetuadas logo após uma denúncia que dava conta de que o grupo estava em um sítio chamado Boa Vista. O local era usado pelos suspeitos para realizar os preparativos para a execução dos crimes. A Polícia foi até o local e confirmou a informação. Durante a execução para prender os suspeitos, dois homens do grupo trocaram tiros com a Polícia e vieram a óbito, eram eles: Francisco Fernandes da Silva Neto, vulgo “Junior do fogo”, que usava nome falso e Luiz Pereira da Silva Júnior, conhecido por “Juninho” (18 anos).

Apreensões – No local onde estavam os suspeitos, a Polícia apreendeu farto material usado em assaltos a caixas eletrônicos. Estavam com os suspeitos três bananas de dinamites; nove espoletas; dois capuzes; quatro coletes balísticos, sendo que dois deles foram subtraídos de agências dos Correios; um saco de grampo; três pés de cabra; 12 aparelhos celulares e três gandolas camufladas.

A Polícia também apreendeu armamentos e munições como uma pistola calibre 380; dois carregadores; uma espingarda calibre 36; duas submetralhadoras; 137 munições de nove milímetros; 55 munições de calibre 380. Foram apreendidos com o grupo um Ecosport, ano 2014; um Corsa, ano 2005; uma motocicleta Titan 125, ano 2006. Os integrantes do grupo vão responder por crimes como associação criminosa, posse ilegal de arma de fogo e receptação.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter