02/09/2015
Por Edilson Silva em Acari

Acarienses serão abastecidos por carros-pipas

AGUA-CARRO-PIPA-CUSTÓDIO-14

A água dos poços será colocada em um reservatório na cidade, e consequentemente distribuída pelos carros-pipas.

Com a suspensão da captação d’água pelo Açude Gargalheiras, a população de Acari será abastecida através de Carros-pipas, já que de acordo com informações de Adelson Sebastião, chefe do escritório da CAERN de Currais Novos, e que até pouco tempo respondeu pelo escritório de Acari, a captação através de poços não permite uma vazão para que a água chegue às residências pelas torneiras.

A água dos poços será colocada em um reservatório na cidade, e consequentemente distribuída pelos carros-pipas. “Não há condições devido a baixa vazão de ser oferecida aos nossos usuários pelas torneiras. Por isso a água dos poços será levada a um ponto de captação e será distribuída em pontos estratégicos da cidade”, explicou Adelson.


02/09/2015
Por Edilson Silva em Economia

Salário mínimo será de R$ 865,50 em 2016

20150901112218637886u

Anúncio foi feito pelo Ministro do Planejamento, Nelson Barbosa; valor faz parte do projeto de lei orçamentário anual entregue pelo governo ao presidente do Senado, Renan Calheiros.

O ministro do Planejamento Nelson Barbosa anunciou que o salário mínimo do próximo ano será de R$ 865,50. Esse valor faz parte do Projeto de Lei Orçamentário Anual entregue pelo governo ao presidente do Congresso Nacional, o senador Renan Calheiros.
.
Barbosa ainda detalhou que o governo estima que a economia crescerá 0,2% em 2016 e a inflação será de 5,4%. O ministro do Planejamento também ressaltou que o país deve terminar o próximo ano com déficit fiscal de 30,5 bilhões, valor que corresponde a 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB). O Senado também divulgou a previsão do Salário Mínimo para os próximos quatro anos.


01/09/2015
Por Edilson Silva em Barra de Santana, Jucurutu

Jucurutu: Negociações das indenizações da Barragem Oiticica seguem com êxito

Barra-de-santana-distrito-Barragem-de-Oiticica-fot-Paulo-Araujo3-e1389206569735

Até o final do mês de julho 231 (duzentos e trinta e um) processos foram negociados com os respectivos termos de acordos assinados.

Os trabalhos da equipe da Procuradoria Geral do Estado, responsável pelas negociações para desapropriação ou servidão dos imóveis que serão atingidos pela construção da Barragem Oiticica, com o apoio da SEMARH e da KL Engenharia, seguem com êxito.

Os atendimentos são realizados nas dependências da Procuradoria Geral do Estado, da regional de Caicó, onde disponibilizam-se três equipes de advogados tecnicamente preparados para o diálogo e negociação.

Esforços estão sendo reunidos na viabilização do acesso da indenização aos proprietários, através de esclarecimentos na providência de documentação de comprovação da terra, assim como também dialogando e sensibilizando o judiciário no julgamento dos processos.

Até o final do mês de julho 231 (duzentos e trinta e um) processos foram negociados com os respectivos termos de acordos assinados, perfazendo um total de mais de dezesseis milhões de reais.

As indenizações acontecem.

A Obra Social avança.

E assim, com passos firmes, o tão sonhado projeto da Barragem Oiticica vem se concretizando.

Por Edilson Silva – Contatos (84) 9 9629 7591 – e – mail – edilson104@hotmail.com


01/09/2015
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Alunos de Jucurutu são atendidos pelo Projeto Olhar Brasil

11988756_1024577060907159_652310929015817869_n

Com informações da ASSECOM – Assessoria de Comunicação da PMJ/Prefeitura Municipal de Jucurutu/RN.

Oitenta alunos de escolas municipais e estaduais de Jucurutu, residentes na cidade e nas comunidades rurais, foram atendidos na última quinta-feira (26/08) por uma equipe de profissionais do “Projeto Olhar Brasil”, na creche Pró-infância Universidade Infantil Professora Rita Medeiros, localizada no bairro Novo Horizonte.

Olhar Brasil é um projeto do governo federal que vai até as escolas através do apoio da Prefeitura Municipal com objetivo de identificar alunos da rede pública com problemas visuais e solucioná-los. Os alunos que apresentaram alguma alteração na visão irão receber óculos gratuitamente. O prefeito George Queiroz destacou a importância do projeto para os alunos: “É um excelente projeto do governo federal que a Prefeitura de Jucurutu concede apoio com grande atenção, pois se trata de cuidar da saúde visual dos nossos alunos”, disse.


01/09/2015
Por Edilson Silva em Esporte, Jucurutu

Dois jogos abriram o Campeonato de Futebol de Jucurutu

11949332_1024411567590375_2735430201220830188_n

Com informações da ASSECOM – Assessoria de Comunicação da PMJ/Prefeitura Municipal de Jucurutu/RN.

Os dois primeiros jogos do Campeonato Masculino de Futebol de Campo de Jucurutu, promovido pela Prefeitura Municipal, sob a administração do prefeito George Queiroz, através da Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo, movimentou a cidade neste último fim de semana com destaque da rodada para a Chave F, formada por Fluminense, América, Equipe Massas e Pilatos. No sábado (29) América e Fluminense empataram em 1 a 1.

Já no domingo (30), os jogadores da Equipe Massas (Massas Jucurutu) não economizaram no placar e golearam o time “Pilatos” por 4 a 1. A vitória coloca a Massas na liderança da Chave com três pontos. Os confrontos foram disputados no campo do bairro Santa Isabel, local onde serão realizadas todas as partidas da competição. Dezessete times irão disputar premiação no valor de R$ 4.000,00 (R$ 3.000,00 para o campeão e R$ 1.000,00 para o vice).


01/09/2015
Por Edilson Silva em Economia

Projeto de Lei Orçamentária prevê salário mínimo de R$ 865,50 em 2016

155377

O Projeto de Lei Orçamentária prevê um salário mínimo de R$ 1.020,80 em 2019.

O Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) de 2016 prevê um salário mínimo de R$ 865,50 para 2016. As projeções para 2017 indicam que o salário mínimo será de R$ 910,40; para 2018 a intenção é de que feche em R$ 957,8; e para 2019, em R$ 1.020,80.

Ainda segundo a PLOA, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) será de 0,2% no ano que vem. O boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (31), pelo Banco Central, mostra uma expectativa de queda de 0,40% em 2016.

Para 2017, a expectativa do governo federal é de que o crescimento real seja de 1,7%. Em 2018 e 2019, as previsões mostram um crescimento de 2% e de 2,5%, respectivamente. Para este ano, a expectativa do Ministério do Planejamento é uma queda de 1,8%.

A expectativa do Planejamento para a inflação do próximo ano é de 5,40%, um pouco abaixo do que indica o boletim Focus, que prevê uma inflação de 5,51%. Enquanto isso, o Banco Central promete levar a inflação para 4,5%. O governo federal espera que a inflação atinja o centro da meta só a partir de 2017 e que apresente o mesmo comportamento em 2018 e 2019.




Facebook


Twitter