Estudo confirma presença de substâncias cancerígenas em cigarro eletrônico - Blog Edilson Silva
28/11/2014
Por Edilson Silva em Saúde

Estudo confirma presença de substâncias cancerígenas em cigarro eletrônico

20141127085620418698a-250x166

O vapor dos cigarros eletrônicos contém substâncias cancerígenas, em quantidades muito variáveis que podem superar as concentrações da fumaça do cigarro tradicional, segundo um estudo japonês divulgado nesta quinta-feira.

De acordo com o documento sem conclusões definitivas, os vapores absorvidos geralmente contêm, entre outros, formaldeído, um composto também conhecido como formol, que é considerado cancerígeno, acroleína, glioxal (o ethanedial) e também metilglioxal.

“As taxas variam consideravelmente de uma marca para outro e, inclusive, dentro da mesma marca, de uma mostra para outra”, destacaram os cientistas, que mediram as concentrações das diferentes substâncias em cinco marcas (não citadas) de cigarros eletrônicos.

“Em uma das marcas analisadas, a equipe de pesquisa encontrou um nível de formaldeído que chegou a 10 vezes mais que o registrado em um cigarro tradicional”, explicou o cientista Naoki Kunugita, que coordenou o estudo.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter