24/08/2014
Por Edilson Silva em Policial

Desarmamento: campanha perde força

149366 (1)

A Tribuna do Norte informa que ao contrário do que algumas pessoas possam pensar, a Campanha Nacional do Desarmamento não acabou. Criada há 11 anos pelo Ministério da Justiça (MJ), a campanha já recebeu voluntariamente mais de 600 mil armas em todo país. Passado o auge do movimento, as entregas diminuíram de ritmo e, atualmente, na sede do DPF/RN, são entregues, em média, três armas por semana. O comandante da Polícia Militar coronel Francisco Araújo recomenda que as pessoas entreguem as armas. “A lei é clara ao estabelecer quem pode ter o porte de arma”, avalia.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter