28/05/2014
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Corpo de ex-presidiário permanece no ITEP aguardando familiares com documentação

frajola

O corpo do ex-presidiário, Rafael Soares “Frajola”, de 21 anos, que foi assassinado na madrugada desta quarta-feira, (28), por volta das 2hs50min, em Caicó, com vários disparos de arma de fogo, permanecia no Instituto Técnico e Científico de Polícia – ITEP, até às 08hs da manhã aguardando para ser necropsiado. É que como ninguém da família tinha procurado o órgão com os documentos da vítima, a liberação não pôde acontecer.

O ex-presidiário, Rafael Soares, foi assassinado no interior de sua residência localizada na Rua João Benévolo Xavier, no Bairro João XXIII, zona oeste da cidade. A quantidade de tiros só será confirmada depois do exame feito pelo médico legista.

Os policiais militares que atenderam a ocorrência recolheram no local várias cápsulas de pistola Ponto 40. Eles ainda confirmam que foram muitos os tiros. Até um braço da vítima foi quebrado. Ele estava deitado com sua companheira que evadiu-se do local temendo morrer.

Profissionais do Serviço Móvel de Urgência – Samu estivera no local e socorreram Rafael para o Hospital Regional, mas, ele morreu.

Via Sidney Silva



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter